segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Poemas e Flores

Fecho os olhos e te vejo
Em lembranças feito magia,
Navegando entre as tuas mãos
Da noite para o dia,
Uma Taça de vinho, beijos novos
Sua chegada era o que esperava,
Lábios entrelaçados em esperança
E fogo que arde em calma,
Mudaste o meu destino
Pois na solidão habite por muito
Sem pensar mais em nada,
Bolsos rotos, as ilusões caíram.
O teu amor veio até mim como uma promessa
Fazendo melhor, ensinando a voar
E na plenitude de rosas me faz descansar
Com os olhos fechados para pensar em ti.
Mario Astúrias Villa
Paixão de poetas

Nenhum comentário:

Postar um comentário